in

Com queixas, mas sem filas. Assim foi o primeiro dia da Web Summit totalmente online

A Web Summit começou e já podemos perceber o que vai marcar as conversas do evento que, este ano, é totalmente online: pandemia, segurança online e as alterações climáticas serão atores principais nos próximos dias em que a conferência vai receber mais de 104 mil participantes, 679 palestras e cerca de 2700 oradores.

O primeiro dia começou com uma apresentadora portuguesa e… queixas. Assim que Filomena Cautela deu as boas vindas, os participantes começaram a se queixar que não conseguiam entrar na plataforma online onde eram transmitidas as várias conferências da Web Summit, não conseguiam ver o que estava acontecendo, ou não conseguiam ouvir. De qualquer maneira, a verdade é que, de uma forma geral, a transmissão das conferências foi melhorando ao longo do dia.

Depois do bate-papo habitual entre Paddy Cosgrave (cofundador e CEO da Web Summit), o presidente da Câmara de Lisboa, Fernando Medina, e o primeiro-ministro António Costa, os conteúdos programados tiveram início. Palestras, sessões de perguntas e respostas, masterclasses, mensagens e conversas entre utilizadores e muitos, mas muitos comentários no chat. Não é fácil resumir o dia quando, só nas primeiras 3 horas, já eram mais de 15,300 conversas iniciadas por jornalistas, 36,937 iniciadas por startups e 8,558 iniciadas por oradores. Ainda assim, aqui vão algumas frases e momentos marcantes:

  • “A tecnologia salva vidas”. A frase foi de Ursula Van Der Leyen, presidente da Comissão Europeia, que afirmou ainda que os utilizadores de redes sociais devem ser responsáveis pelos seus próprios dados e ser capazes de tornarem-nos utilizáveis.
  • “O luxo da ficção científica é que ela é fantasia – estamos lidando com a realidade. Temos sido, muito educados com o que estamos vivendo. Estamos no limiar de um abismo; de um desastre.” As palavras são do conhecido (e reconhecido) diretor Ridley Scott, numa conversa com o Secretário de Estado da Transformação Digital, André Aragão Azevedo, e Luís Neves, CEO da Global Enabling Sustainability Initiative (GeSI).
  • Franz Timmermans, vice-presidente da Comissão Europeia, elogiou Portugal na sua intervenção, considerando que o país se encontra na frente da transição climática.
  • Bryan Cranston e Aaron Paul, protagonistas da série Breaking Bad, fizeram cocktails ao vivo, numa clara promoção à marca de mezcal lançada pelos dois: a Dos Hombres.
  • O Mingle, nova funcionalidade do evento na qual um algoritmo junta duas pessoas aleatórias com base nos seus interesses durante 3 minutos, foi bastante elogiada por vários utilizadores
  • Com o evento sendo realizado online, desapareceram os habituais brindes que eram distribuídos… assim como as filas para os mesmos

*Este texto foi produzido pela Startup Portugal e teve a reprodução e edição autorizada.

Forrest

Escrito por Forrest

Utilizamos dados para produzir nossa estratégia de marketing, para saber não só quantas pessoas acessam seu conteúdo, mas, verdadeiramente, quem são elas.

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Loading…

0

Comments

0 comments